Sábado, 21 de Janeiro de 2012

Saiba nada sobre o dia a dia do retiro de José Sócrates em França

Premissa nº1: Não sou apoiante do Sócrates. Nunca fui apoiante do Sócrates. Nem simpatizante. Aliás, sempre critiquei (e critico) a política por ele seguida.

Premissa nº2: Não sou jornalista, nem aspiro a ser. Nem sequer sou da área de letras. O mais perto que já estive foi como editor e administrador da Wikipédia de língua portuguesa.

Com estas premissas em mente, continuemos.

O Expresso publicou uma reportagem "A Nova Vida de Sócrates em Paris" assinada por um tal de "Daniel Ribeiro, correspondente em Paris". A publicidade promete "Saiba tudo sobre o dia a dia do retiro de José Sócrates em França".

Mais valia terem dito "saiba nada" porque "nada" é o que se obtém quando se espreme o conteúdo da so called "reportagem". Esta peça (que não chamo jornalística por ser um insulto à classe) não é mais que uma sequência de "consta que", "acha que", "ouviu dizer", "diz que disse". Não tem um facto, tudo é especulação, todas as fontes são anónimas. As que são "identificadas" são-o como "o empregado do café", ou "o vizinho".

O autor desta peça vai ao ponto de inventar factos, como a suposta ajuda do embaixador em Paris a Sócrates, que "só pode ter acontecido porque seria natural"!

Pelo meio da peça são lançadas perguntas com o único intuito de incitar o ódio e a maldizência: "Como é que o Sócrates conseguiu entrar na Sciences-Po?" e "Quem paga a estadia de Sócrates em Paris?" são só dois exemplos.

Fico com uma dúvida no final: o Expresso está a tentar fazer concorrência ao Correio da Manhã, no seu ódio de estimação ao Sócrates, ou à revista Caras, na coscuvilhice? Tudo leva a crer que é esta última, mas aconselho que invistam em paparazzis...

publicado por @luis_grave às 21:17
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 24 de Janeiro de 2012 às 11:58
Em primeiro lugar, maldizência não existe em Português. É maledicência.
Em segundo, já chateia esta cruzada como paladino da defesa do bom nome dos políticos, sempre centrada em José Sócrates.
Bem podes dizer que não és, nem nunca foste, apoiante do senhor. Porque já ninguém acredita. Sê homem e assume-te.


De RCAS a 30 de Janeiro de 2012 às 00:24
Quando Sócrates em 2004 se candidatou pela primeira vez a 1º Ministro "todos" assistimos à mais sórdida campanha contra o homem. A roçar o nivel da sargeta. E essa campanha veio dos seus inimigos à direita, principalmente desse partido homofágico que é o PPD. Adoram andar ao nivel do esgoto. É ali que se sentem confortáveis. Tremem como varas verdes só de pensar que o homem pode voltar. Este PPD contem no seu seio tudo o que mais abobinável,miserável, e velhaco, existe no seio do povo Português. Cassandras puras!


Comentar post

.pub

.pesquisar

 

.posts recentes

. Tenho medo

. Facebook Important Messag...

. Adopção por um casal gay?...

. A DECO a pregar no desert...

. 16,7% de desemprego daqui...

. Este é o presidente de to...

. Não, não é montagem

. A censura da RTP Madeira

. A igreja católica e a mor...

. Vamos brincar às multas?

.Fevereiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28


.arquivos

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds